segunda-feira, 22 de agosto de 2011

2ª Mensagem do Arcanjo Sandaplhon sintonizada por Isabel Angélica a 05.08.2011



Hoje venho falar-vos de MAGIA – a arte mais antiga que a raça humana tem ao seu dispor, tal como a conhecem.
Os Magos são aqueles que conseguem unir e transformar os 4 elementos – água, terra, fogo e ar – sem anular as características de cada um. Antes pelo contrário – amplificam os átomos de cada elemento, SÃO os próprios elementos, que manipulam sabiamente com a 5ª Essência – o Amor. Mas é mais do que o amor físico – é o amor divino que anima a alma.
O fogo e a água unem-se tornando fértil a terra, levando a palavra do espírito ao coração. E assim funciona a grande alquimia do amor… a alquimia pelo amor.
Esta é uma arte que já era conhecida e dominada na Atlântida, antes da queda de dimensão do Planeta Terra. Eu então me manifestava directamente nos Mestres de Atla Rá. Mais tarde, este conhecimento foi transportado para os 4 cantos da Terra, de forma a que o ser humano, na sua diversidade, não se esquecesse do poder divino actuante no seu coração, usando a matéria terrena.
Este canal – Isabel Angélica – quando tem a percepção da minha energia, vê-me como um grande mago, incorporado nos arquétipos dos magos celtas ou da Terra Média. E assim me apresento pois eu sou o grande mestre alquímico da Terra, seu Arcanjo protector, que me associo às raças da Terra para aqui co-criarmos a magia necessária para a viragem energética da humanidade. Actualmente, estão a ser criados muitos processos alquímicos que são alimentados pela energia divina que represento e ancoro, enquanto irmão gémeop de Metatron, seu oposto e contraparte. Eu aqui trabalho com as raças criadoras da Terra. Metatron trabalha com as raças criadoras da raça humana. Ao longo da Árvore da Vida, cujos opostos representamos, a Humanidade e a Terra têm o seu palco, onde cada um re-apresenta o seu papel. E uns não são sem os outros e outros são elos da mesma cadeia, cuja alquimia explode cheia de amor de coração em coração.
Como diz o nosso irmão Miguel, são tempos fascinantes estes que vivemos – nós, nos planos energéticos do espírito, e vocês nos planos físico do corpo. O coração é a intersecção dos dois mundos para permitir o ancoramento pleno do espírito individual e colectivo da raça humana.
Estão a acontecer muitas transformações. O grande cristal do centro da Terra, a Árvore da Vida, está a recuperar a sua capacidade energética de acordo com as instruções de Metatron. Até 11.11.11 é expectável que atinja os 70%. Até aos finais de 2012, a viragem alquímica será total. E todos os guerreiros sagrados despertos saberão beber conscientemente desta energia sagrada e transformadora. Estes são os que já estão a sair do filme da ilusão, da matriz de controlo que nos últimos milénios tem ditado a lei kármica da 3ª dimensão.
Actualmente já se vivem as energias da 5ª dimensão. Daí que as transformações estejam a ser tão visíveis e óbvias. A separação do trigo do joio é inevitável e inquestionável. E lembrem-se de que quanto maior é o resgate e ancoramento de luz, mais atenção deverão prestar à sombra que vai no seu encalce. Uma e outra habitam no coração sagrado da humanidade e quer tenham 300 ou 3 vidas na história de encarnações na Terra, a sombra é uma movimentação energética igual para todos.
A dissociação (vidas paralelas dentro do mesmo corpo, coração, espírito e mente) é o caminho que tem sido usado por muito humanos, mas agora não é mais possível, pois as verdades serão vistas com clareza pelos que já abriram caminho de forma corajosa. Os que estão mais atrás no trilho ou ouvem os novos mestres humanos ou são convidados a mudar de rumo na encarnação. Tanto para uns como para outros, o caminho é difícil, sabemos disso. Mas a iluminação da sombra traz a verdade e a verdade é divina.
O caminho oposto a este da verdade acorda a sombra que acabará por vos engolir num jogo sedutor de mentiras e enredos. E isto, meus amigos, é alquimia negra. Parem de fugir! Já chega! Aceitem a sombra para o caminho até à luz. O nosso irmão Miguel está disponível para vos auxiliar na caminhada. É Miguel que doma a cabeça do dragão, tornando-se seu cavaleiro fiel e eterno. E assim deverá ser o caminho até à sombra, passando pelo dragão como energia de protecção, coração e sabedoria.
Este canal é honrada por ter feito o caminho do dragão, o quel ainda trilha com alegria e responsabilidade. E enquanto energia gémea de Miguel, está a prosseguir na abertura de caminho para que outros vejam que é possível unir a sabedoria e a sombra, o amor com a tristeza, a alegria com a dor… todos são partes do mesmo que é ela própria. E não diferente com cada ser humano que é animado no seu coração com a energia do Cristo-Miguel, o leão que ruge à chegada, abraçando o sol eterno representante do Pai. E para tal é necessário amar a Mãe, a Terra que vos oferece os labirintos e experiências para a alma. E é nas cavernas da mente e do coração que cada um dos representantes da raça humana irá encontrar os seus tesouros preciosos que contam a história brava da sua alma.
Irmãos, sejam magos. Alquimizem a sombra para abraçá-la, amá-la e integrá-la. Transformem a vossa sombra naquilo que ela realmente é – uma parte preciosa de vós.
Dín Cridi. Airenach Fían.

Mensagem recebida no Anfiteatro da Floresta, em Ferreira do Zêzere – terra mágica do útero da Mãe à espera de ser fecundada pelo guerreiro sagrado.

Sem comentários: