terça-feira, 29 de novembro de 2011

14º Comunicado dos Cavaleiros do Cristo por Vitória a 26-11-11

 
Amados discípulos do Cristo, em nome do Pai, da Mãe e do Filho, nutrida do Espírito do Fogo Sagrado, venho nesta humilde escrita de forma generalizada, informar, que o tempo da escolha da câmara secreta do coração em todos os que habitam o planeta foi analisado cirurgicamente, pelo Olho da Fonte que Tudo É.
 
No Portal 11:11, através do nome ainda Portugal ligado e ativado à energia do Grande Sol Central Galáctico EL, decretado pelo Cristo Solar, a Terra recebeu uma energia de Fogo Sagrado, que chegou aos Continentes e mundos internos do planeta.
Mudaram-se Cristais, energizaram-se outros, limpámos, fechámos e mudámos portais que foram violados pelo abuso do livre arbítrio e tentativa manipuladora das hostes trévicas, tendo desviado alguns irmãos e atraindo-os para a sombra, porque assim também o permitiram, que falharam algumas missões, designadas na matéria.
 
Alguns portais e ou a sua energia Intraterrena imaculada e sagrada foram mudados para Portugal, com propósito divino e alteração do eixo do planeta que irá suceder.
 
Quão sagrada é a energia Intraterrena do chão que pisam de nome Portugal. Quão sagrado é o ar que respira no cume das montanhas.
 
O Cálice foi purgado e energizado cheio de Fogo Dourado Diamante. Foi por instrução de Jesus, que os portais e novas energias Intraterrenas se instalaram em Portugal.
 
Em 2009, Jesus disse que se iniciaria o trabalho de despertar e levantar uma Nação Sagrada para o mundo… De Portugal para o mundo… De Portugal para 14º Comunicado dos Cavaleiros do Cristo o mundo e assim foi… Grandes trabalhos e mudanças desde então…mas ainda são muito poucos os despertos…
 
Visitámos Templos sagrados, cidades Intraterrenas, energizamos e limpámos locais de culto, decretámos ativação de registos na raça humana, ativámos energeticamente reinos internos, decretámos a erradicação do iníquo, houve encaminhamento de almas aprisionadas e aprisionámos seres das trevas, aceitando alguns deles trabalharem na Luz.
 
Removemos grandes quantidades de ectoplasma de locais com Fátima, Lurdes em França e outros locais no planeta.
 
Decretámos abundância ilimitada e proteção, aos puros de coração, que ancoram a luz crística, aos animais, aos reinos…
 
Alerto o Sul de Portugal, para que estejais atentos, procurai o fogo sagrado, despertai, é urgente…É necessário sustentação energética em alguns locais do país, como exemplo a cidade do Porto…
 
Alerto para a tentativa da Ordem do Dragão Negro, tentar destruir o Cálice com a ilusão de fusões com países vizinhos.
 
O Cálice vem das Mãos do Pai, colocado sobre o Manto da Mãe que acolhe o Filho – O Cristo com o Fogo do Arco-íris, para as 
Nações sem Fronteiras, Selá…é o Espírito Santo, do Cálice para o Mundo.
 
Vagões de almas irão desencarnar, o Fogo será imenso e tão intenso, o Som Sagrado dos Elohim e sua vibração pulsará cada célula do vosso corpo, como a da Mãe Gaya. Alterações geográficas sucederão, o Trigo do Joio já se manifesta, os que vacilam procurarão o fogo sagrado, que os purificará, outros já não são mais…não passarão…todos se confrontam com o fogo cósmico de imensidão de luz electromagnética …os justos e puros brilharão como o Sol que carregam dentro de si… 
Brilharão, Siddhi.
 
Os trabalhos do Portal 11:11, iniciaram-se antecipadamente ao longo do ano, sendo a ligação ao Sol Central, decretado dia 7.11.11, até ao dia 11.11.11., dia da consagração onde chegaram hostes Arqui-angélicas, uma semana intensa e semanas antes muito penosas, de profundos alinhamentos energéticos em alguns irmãos, para cumprimento da tarefa. 
 
Gratidão Profunda.
Carregais a dor do mundo… a dor da MÃE…
 
Na costa Portuguesa, sobre o Oceano Atlântico Índico e Pacífico, estiveram naves de Asthar Sheran, tropas de Shtareer foram destacadas para o Médio Oriente e Egipto.
 
Houve mudanças de Cristais em Espanha, extremamente densa que levou fogo violeta, Irlanda e Inglaterra, fogo verde esmeralda, França fogo rosa, Itália (não autorizada a comentar), América fogo branco, Rússia (não autorizada a comentar).
 
Grande Energia vinda também e decretada de Orion, Júpiter e Arvona, dos grandes Sóis Centrais Galácticos para a Terra.
 
A Confederação e Supra confederação com as Hostes visitaram o Amazonas, Tibete, Ilhas Sagradas, Titicaca, Fugi, Monte Shasta, Ilha de Páscoa, Nova Zelândia, Grécia (Atenas), Andes Chilenos, Argentina, Uruguai, México (Pirâmide do Sol), Açores, Madeira, Brasil, Suíça, Bermudas.
 
Em Portugal a Peneda, todo o Gerês, Dornes Sintra, Coimbra (Convento de Santa Clara), muito intenso... Tomar, Serra da Estrela, Ericeira, Figueira da Foz… o País foi observado cirurgicamente….
 
Queridos irmãos (as), esta foi a informação autorizada a ser divulgada de momento.
 
Aos irmãos e irmãs ligados à energia da LYS, Erks, Shamballa, Aurora, MiZ Tli Tlan, Andes Chilenos, Minjard, gratidão cósmica. Gratidão aos Devas aos Elementos, aos irmãos Estelares, pelo trabalho tão intenso e energeticamente activo.
Vós sois a Vitória.
 
“Amada Nação Sacerdotal, o planeta será uma Rosa, a ROSA DO CORAÇÃO DA MÃE”
 
“É no silêncio, que se ouve o sopro do Verbo”
 
Gratidão
EL Olam
Vitória
 
 
 
Nota:
 
Em 14 de Dezembro de 2009, Vitória escreveu através da Energia do Espírito Santo:
 
Em cânticos, em oração e meditação apelai à Mãe Divina Universal, apelai a nossa Senhora Maria, com os seus anjos que conduzam as vossas almas, por meio da chama do Amor ao retiro da chama da sabedoria.14º Comunicado dos Cavaleiros do Cristo.
 
Pedi pelos portadores de luz em todo o mundo, para que sejam libertados, regenerados, purificados e protegidos e em contínua ascensão, porque eles também pedem por vós, que com os poderosos Arcanjos a revolução cósmica na Terra e a rotação cósmica do planeta seja restabelecida, porque assim ao usarem o som primordial, os vossos chakras e os da vossa alma gémea, ajudarão a intensificar as vossas presenças electrónicas e as dos vossos irmãos, necessária também para a rotação do planeta terra.
 
Regozijo-me na chama de Jesus, com as Hostes Seráficas da Luz, com as confederações Intergalática, na presença do nosso amado e amigo comandante Asthar Sheran.
 
“Eu Sou a Ressurreição e a Vida de toda a Grande Fraternidade Branca do Cosmos no Espírito e na matéria, através do vosso 
cálice."
 
Pelo sagrado Coração da Mãe Maria na vitória do Cristo, pela Rosa do vosso coração, por todos os Santos, pelo Sagrado Coração de Jesus, que o Amor resplandeça, que a Luz do Cristo resplandeça.
 
Vitória




Para ler os Comunicados anteriores vá AQUI

Para se inscrever na nossa mailing list - avatares-do-cristo@googlegroups.com
 
Autor da imagem: Daniel B. Holeman

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Irmãos, Levantem-se Cavaleiros! - Mensagem de Arcanjo Miguel recebida por Isabel Angélica a 15.11.2011

 
Eu sou Miguel, Arcanjo do 1º Raio da Verdade, do Poder e Justiça Divinos.
Amados, grato por esta oportunidade de ser recebido em Amor e União.
No passado dia 4 de Janeiro do vosso tempo transmitimos uma mensagem onde referíamos que o tempo da experimentação tinha acabado (LEIA AQUI). E de facto assim é! Assim mostra a energia deste ano de 2011, onde vibra, cada vez mais, a energia da Unidade!
Não há mais espaço para a separação ou para a divisão. O joga da Humanidade mudou de mãos e agora compete a vós, irmãos, manter a sincronia com estes desígnios do Espírito e, acima de tudo, com os vosso desígnios. Pois, vocês, meus irmãos, são soberanos na realização da vontade do vosso Eu Superior que se une em Amor a um consciente que deseja ancorar a Unidade no todo aqui na Terra.
De outra forma não poderá ser.
Não mais.
Toda a desarmonia está a ser exposta. O desequilíbrio está à vista. Deixem entrar o equilíbrio. Com muito amor e paciência, permitam-se à felicidade.
Sim, irmãos, acabou o tempo da experimentação onde viveram a espiritualidade moldado ao vosso ego. Acabou o tempo de comandarem as energias a bel-prazer do vosso querer.
Agora é tempo de Unidade e Harmonia. O que vibra fora deste tempo e deste espaço não linear não irá continuar mais activo na Nova Terra, nem na Chama Trina do Novo Homem. As energias da Mãe e do Pai assim irão reger estes desígnios.
Agora é tempo de levarem à frente bandeira da Liberdade, resgatando às vossas essências crísticas e puras, ancoradas na câmara secreta do vosso coração.
Agora é hora de olhar a sombra que carregam como um mestre e honrar a sua cura consciente e responsável. Mas sem vivê-la mais. Chega!
Agora é hora de ir fundo na vossa Verdade, mais profunda e interna, pois o poder é vosso, em Amor. Honrem o vosso Coração.
Irmãos, levantem-se Cavaleiros!



Recebam o despertar que as vossas almas tanto clamam! O Bem Maior aguarda-vos e deseja os seus Cavaleiros puros de coração ao serviço.
Porto Graal está a ser preparado para que a sua Missão se cumpra, mas são necessários os obreiros. Curem, activem e assumam os Cavaleiros Sagrados que são, renascendo em cada coração a energia dos Raios Azul e Rubi. Aprofundem, caso seja esse o caso, fazendo a actualização interna da Missão.
Nunca se esqueçam o quão honrados e amados são. 
Eu sou Miguel.
 

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

O caminho para a Super Vida. O recolhimento da Shekinah (Espirito Santo). Adoração. 2 triângulos: Miz Tli Tlan/Lys/Iberah; Aurora/Lys/Iberah


Tudo o que é criado e está sujeito ao impulso evolutivo tem um sonho.

Tudo aquilo que foi “pincelado” pelo Poder da Vida, sonha, e o sonho de toda a vida é a Super Vida.

Existe Subvida, Vida e Super Vida e a experiência evolutiva, frágil ou majestosa é um vector da Inteligência do Universo tentando levar tudo à Super Vida, tentando guindar a experiência cósmica para além da entropia, para além da lei da morte.

A evolução natural é um poema da escala da subvida para a Vida sonhando sendo queimada pelo fogo do sonho da Super Vida. Todo o Universo criado procura a Super Vida.

Quando os golfinhos saltam no ar e voltam a mergulhar, sem sonho isto não é possível. Os golfinhos, sendo atravessados por correntes de Vida muito intensas, dificilmente conseguem conter no seu corpo a voltagem e os saltos são a celebração, é o momento de encontro entre a Vida e a Super Vida, é o momento em que aquela corrente de vida celebra o seu potencial cósmico.

Trata-se exactamente da mesma coisa quando os pássaros cantam em horas específicas do amanhecer ou do entardecer.

O cântico é a tradução de uma saturação energética. Também pode ser uma expressão de privação de energia, como os cânticos dos escravos norte americanos, mas nós estamo-nos a referir ao cântico de exaltação, de projecção para além, ao cântico que liga a nossa consciência às fibras ópticas invisíveis dos anjos.

Este cântico que nos alinha com os Pais Superiores, com os Universos de Fogo, começa em nós, por vezes, pela extrema privação da vida e da energia – é o cântico do prisioneiro.

Também existe o cântico de exaltação, de adoração, que é um fenómeno da Super Vida tocando a Vida, é um momento em que a promessa de um horizonte universal de luz maciça, sólida e suprema se irá plasmar nas águas plásticas da Criação.




A Celebração é o reconhecimento do contacto entre a esfera do Pai (a Super Vida) e a esfera evolutiva (a esfera da Mãe).




O que caracteriza a subvida é a pulsação inconsciente. A substância foi visitada, uma voz quente de fogo falou para dentro das câmaras de ressonância da substância universal. A substância teve a sua memória despertada num certo grau, ela aprendeu a suspeitar da evolução, ela está a assumir a espiral.




A substância universal começa na subvida, começa a reflectir o conduto em espiral que conduz ao alto, começa a aceitar o impacto do Fogo Criador, mas a consciência não existe, existe uma pulsação semi consciente ou inconsciente.




O que caracteriza a Vida é que a consciência pulsa ali. Há percepção de si. Há um ponto que observa e atribui valores à sua volta. Há um centro e uma periferia que está sendo assimilada progressivamente.




A Vida é uma celebração da consciência. A subvida é uma pulsação, é uma celebração do ritmo, do primeiro toque, mas na Vida a consciência está presente. É como se o Filho cósmico se espreguiçasse e começasse a receber as primeiras ondas de calor contínuas vindas de cima e à consciência este Filho diz: EU – ele tem consciência de si.




Nesta progressão o homem é apenas um detalhe, é uma operação de comutação entre esferas cósmicas, é um ponto de encontro. É no homem que a vida emergente aprende a sonhar com a Super Vida.




Nós somos anjos físicos, centelhas divinas exprimindo-se através desta estrutura. Se nós fizéssemos agora um trabalho mais transcendente falaríamos neste registo: “Nós somos mónadas”, mas como a preparação para a Ascensão da Terra implica uma compreensão metafísica do corpo e o amar o corpo metafisicamente, nós podemos também ver o que somos incluindo todo o passado cósmico.




Nessa outra percepção de nós mesmos percebemos que a função Homem é como Ícaro à beira da falésia. Nós estamos à beira do desconhecido e todo aquele que não está à beira do desconhecido não é plenamente humano.




A função humana atinge o seu pico frente ao desconhecido porque toda a massa universal nos usa para sonhar com o Divino. Nós somos responsáveis por manter o sonho universal.




Esta nossa função de trazer a nós a síntese do Universo, desde a “Grande Explosão” até hoje, é o que nós somos se nos observarmos como uma entidade ascendente.




Nestes encontros nós temos trabalhado muito no sentido de nos definirmos como seres cósmicos em serviço à Terra e isso ajuda-nos a compreender o nosso sagrado desassossego, ansiedade e perturbação criativa.




Existe outra forma complementar de observar o homem que é a forma da Mãe (da entidade feminina universal encarregada de arrastar todas as partículas de novo até ao Pai, porque se a Vida é o Filho – consciência emergindo – a Super Vida é a reunião final da Mãe com o Pai, é a erupção do Pai nos suportes fornecidos pela Mãe, sem entropia. Isto é a definição do Éden – o Jardim onde a morte não entra.

Nesta outra percepção de baixo para cima tu funcionas como Ícaro à beira da falésia, isto é, atrás de ti estão os passos conhecidos, os territórios explorados e os mapas. À tua frente não há mapa.




Este ponto à beira da falésia com um vasto território desconhecido sem mapa, sem linguagem, sem conceitos, tu sabes que o Universo segue naquela direcção e que tu és responsável por fazer avançar a consciência para além daquele ponto.




É neste laboratório que tu te tornas plenamente humano e a função humanidade é como que a última camada de esforço da Mãe universal na sua tentativa de elaborar o problema da fusão com o Pai. Essa fusão é individual com os Mestres Ascensos. Eles são uma expressão do casamento integral entre a Mãe, o Pai e o Filho. São uma implosão da Trindade e uma revelação do que resulta dessa síntese final. Isto é o que define a Ascensão individualmente. O que define a Ascensão colectivamente é esta capacidade de responder à Super Vida, de compreender qual é a função do homem e de aspirar a dar o passo ousado.




Sempre que houve ousadia a consciência expandiu-se ao ponto de poder receber melhor os envios da Super Vida.


O Universo é uma experiência alquímica na qual a Mãe – a responsável pela organização da substância – busca moldar a forma perfeita, o suporte exacto para a descida da Super Vida.


O objectivo da Criação é manifestar a Super Vida e por enquanto nós somos vivos.


A Era em que estamos entrando é uma Era em que o esforço da evolução espiritual no planeta é feito através da Mãe.


Existem planetas conhecidos, à escala cósmica, como planetas do tipo UR que têm como função testar e desenvolver a Vida em muitas direcções: na direcção da biodiversidade; do refinamento dos sistemas nervosos; da capacidade da substância captar o Divino.




Chama-se “estações UR” porque são zonas do Universo onde é colocado um vórtice de grande aceleração vibratória, visando, o mais rapidamente possível, exprimir a Super Vida.


Um planeta tem uma contraparte invisível composta por um vórtice – não tem nada a ver com a forma esférica do planeta – ele é um ponto de convergência de intenção divina, é um nexo na trama das intenções divinas ao longo do espaço cósmico.

É um ponto onde a intenção se torna mais concentrada. É como se se tivesse uma convexão do Divino naquele ponto – gravidade –, o que vai atraindo matéria que se vai organizando em torno desse vórtice e vai arrefecendo e nasce um planeta (descrição grosseira do processo).


A Terra é uma estação UR, é um planeta destinado a aperfeiçoar a matéria ao máximo possível.




Existem planetas imateriais que não chegam a um grau de convexão dentro da gravidade tão potente, não existe massa.




Existem planetas mais densos que a Terra mas que não têm funções de aperfeiçoamento das ligações substância/Verbo.


Estações UR são planetas que nascem para ser polidos como uma jóia e para explorar o potencial da substância nesses vectores: biodiversidade; refinamento eléctrico e capacidade de fixar o Divino.


No início é sempre dada a oportunidade a um planeta de, num espaço de tempo muito curto, exprimir essa Super Vida, ou seja, a evolução universal é uma forma de transportar a vida de vaso em vaso até à Super Vida (Vida Divina imortal).


No início existiu uma raça que havia sido cuidadosamente preparada pelos Elohins, pelos pensadores originais, para representar a Super Vida num mínimo tempo evolutivo possível.


Quando o Pai gera uma estação UR, Ele envia uma representante sua que é descrita na metafísica judaica como Shekinah – A Presença.

Shekinah traduz-se, em termos ocidentais, por Espírito Santo.

A Shekinah já esteve plenamente vibrando na Terra. No início a Presença Divina saturava a atmosfera, ela era luminescente, as curvas de oxidação celular eram nulas, toda a Terra, a começar pela Raça residente, era “Em Glória”. Todo o planeta vivia aceleradamente na direcção da Super Vida.

Quando a Terra atingiu um certo grau de refinamento na resposta à Super Vida, ela tornou-se extremamente apetecível para certas hierarquias de mestres cósmicos descontinuados do projecto do Pai. Elas implantaram na Terra um gigantesco sistema de controle e cortaram o poder de diferenciação do nosso ADN. As principais antenas foram desligadas. A capacidade do nosso suporte fixar a vida foi diminuída e a Terra entrou numa entropia.

Como esses deuses caídos se alimentam do medo e das emoções colectivas, eles usaram as emoções como quem usa uma fonte de alimento.

As figuras objectivas nas quais nos projectamos (os ídolos) passaram, a partir de então, a ter uma função ambígua: tanto podem ser usados como transporte da consciência para o Plano Original, como podem ser manipulados por essas hierarquias intermédias para aprisionar a consciência colectiva, ou seja, a mesma Virgem Maria pode ser usada para libertar ou para aprisionar a consciência, depende da entidade oculta que a utiliza ou da sensibilidade do devoto.

A Presença Divina que saturava a atmosfera e “brincava” com toda a Criação, recolheu-se. Significa que, quando Jesus disse: “Eu vou mas deixo-vos o Espírito Santo”, Ele estava a reconstituir “algo” que no início... – há uma fase em que os vulcões já arrefeceram, existem planícies tranquilas e em que já se extinguiram uma série de espécies. A Raça Hiperbórea começa a adquirir densidade, contacto com a matéria, foi nesse momento que a matriz de controle foi instalada. Aquilo que deveria ter sido um suave tocar a matéria para depois subir de novo segundo um plano original em 3 esferas de descida, transformou-se numa queda. Ou seja, estava prevista uma descida para dentro da matéria em que a consciência hiperbórea iria revestir-se de pirâmides bioquímicas terrestres feitas de hidrogénio e carbono e depois iria seguir com o mínimo de serpentear. O que aconteceu foi uma secção em relação ao poder de retorno e uma queda a nível cada vez mais denso da manifestação.


Neste processo, a Shekinah (Espírito Santo) recolheu-se em duas fases:

Na primeira, até à Atlântida, ele recolheu aos templos. No plano original do Pai não existem templos, eles são um mal necessário. O templo é um ecossistema energético oculto que tenta compensar um adormecimento e no início a Terra está saturada pela Shekinah, ela vibrava próxima do Divino.

Essa parte feminina do Logos planetário foi recolhendo cada vez mais e instalou-se no interior dos templos.


Durante a Atlântida deu-se a fundação dos templos – instala-se a divisão sagrado/profano. Há regiões em que há saturação da Presença e outras regiões em que não há saturação da Presença, isso inclusive, existe claramente expresso no nosso corpo.


O meu corpo não é um templo, ele foi um templo há muitos milhares de anos atrás. Regiões do corpo são um templo. Aquilo que foi a atrofia progressiva do Espírito Santo reflectiu-se igualmente no nosso corpo visto que ele é uma tradução directa, fiel, da evolução da Terra.

As belíssimas lendas judaicas antigas referem o tempo de Enoch e antes do tempo de Enoch, quando se falava do Jardim dizia-se que a Presença (Shekinah) saturava todo o Jardim e que mesmo depois de Adão ter sido expulso, ele ia até à entrada do Jardim para contemplar o Jardim e que a Shekinah era um brilho na Terra inteira que a mantinha ligada aos Grandes Tractores de divinização da matéria.


Este ponto na lenda judaica refere-se ao templo.


Quando Adão está no Jardim e a presença do Pai satura tudo, não existe a função templo, mas quando se dá a separação e uma dissociação em relação ao plano original, passa-se a chamar sagrado o que está vibrando de acordo com o plano original e profano o que está vibrando fora do plano original. Não há mitologia sem esta linha divisória. Sem esta linha há Gnose (conhecimento supremo). Assim que há a quebra do diamante nasce a mitologia, nasce o conto sobre o que aconteceu.


Quando a Mãe viu o grau de desconexão em que a Terra entrou através da Atlântida, Ela “velou o seu rosto”, recolheu ao interior do Sacrário.

A nível da nossa anatomia, o recolhimento do Espírito Santo traduziu-se pela passagem da pineal, do tamanho de uma bola de pingue-pongue, para o tamanho de uma ervilha. Quando não se usa uma coisa a natureza encarrega-se de a fazer desaparecer gradualmente.


O vórtice no centro da consciência cerebral só serve para adorar o Divino. Com a queda, a Presença foi-se retirando, concentrando cada vez mais no centro até que implodiu. A Mãe saiu pelo ponto onde tinha entrado. No nosso caso tem a ver com o recolher dos poderes imortais cada vez mais na direcção do cóccix.


O Logos planetário tem das polaridades: masculina – o Senhor do Mundo; feminina – a Mãe do Mundo.

O Senhor do Mundo actua de cima para baixo. A Mãe do Mundo actua de baixo para cima. Ela entra no coração oculto da Terra e a partir daí o seu Cântico é emanado por toda a Criação.


Estamos a falar de consciências galácticas ao serviço da evolução cósmica neste planeta.




A Mãe do Mundo é para onde se dirige a força do Espírito Santo. Quando o Espírito Santo se recolheu para o interior dos templos, a Mãe do Mundo era tangível, Ela era a matriz de todos os protótipos da Deusa. Existe Gaia, num outro plano, Maria e assim sucessivamente, é a matriz, é um ser com uma evolução muito alta.




Com a segunda queda da Atlântida Ela saiu da acção directa sobre a evolução humana e recolheu profundamente para dentro do Sacrário. Hoje é perfeitamente possível existirem templos ortodoxos cujo sacrário não contém presença alguma porque essa Presença pode estar em qualquer lugar.




A nova etapa marca uma alteração completa do corpo físico, etérico, emocional e mental. Nos últimos anos o nosso corpo espiritual recebeu um tremendo impulso da Hierarquia. As nossas almas, hoje, já se libertaram e estão viradas para a mónada recebendo o vento divino.




O que nós vamos ter nos próximos anos é um ritual planetário de reconfiguração do corpo, da mente e das emoções em relação ao ponto em que as almas já estão, ou seja, os nossos veículos subtis já estão vibrando na Nova Terra mas devido à ausência da Shekinah – quando Jesus diz: “Eu vou embora mas fica convosco o Espírito Santo” no grau em que a Humanidade o podia receber porque o Espírito Santo a sério é o Pentecostes, é uma chama de fogo (pomba) que desce na pineal, desimpede a coluna de cristal, as pessoas aprendem a respirar cosmicamente e não apenas pelos pulmões, dá-se uma ligação da Mãe com o Pai (cóccix com a pineal) através do Filho, do coração aberto, isto é que é o retorno da Pomba. Quando isto acontece espalha-se um novo código genético e é instalada uma nova realidade no corpo todo.


Com a ausência ou recolhimento do Espírito Santo na Terra, primeiro aos templos depois aos sacrários, e hoje já nem se sabe onde está, este recolher em várias fazes traduz-se por uma ausência de protocolo divino na aceleração da personalidade, ou seja, até aos anos 80, o agente que aceleraria a personalidade ao mesmo ritmo com que o Cristo acelera a consciência estava ausente, entretanto, essa Pomba está sobre as nossas cabeças.


O que marca os próximos anos é uma reconfiguração da personalidade como se mãos escultoras viessem ao encontro da velha massa e estão esculpindo de novo o que nós somos.
 

Existem dois circuitos intimamente ligados à evolução da forma e do nosso ser tridimensional. Quando se diz que estamos no processo de retorno da Mãe, significa que Deus cada vez mais será compreendido como um abraço e como Graça. Ele tem sido compreendido como Lei, Vontade e Direcção, como Meta, Magnetismo Superior e como a Voz do centro do teu ser. Ele tem sido compreendido como Aquele que faz a linha divisória dentro de ti entre o que não é actual e o que é actual (o bem e o mal).




A Mãe vem como uma expressão da Graça, Ela não vem para julgar e a atmosfera vai começar a ficar saturada de uma energia de perdão à escala planetária. A força da Mãe agindo através das nossas consciências e do nosso ser pede uma compreensão dos limites dos outros.




O Pai é Lei, a Mãe é Compaixão.




Essa força que está a surgir no planeta, ela diz: “é pela aceitação profunda do limite do outro que vocês compreendem a nossa vibração”.




Na antiga Lei – Shambala –, ainda que a compaixão estivesse totalmente presente, o que era estimulada na consciência era a percepção do Caminho e a percepção de que este ser não é perfeito, portanto, não é o Caminho, então eu vou em busca do Caminho e havia um processo de rejeição e aceitação muito forte. Isso tinha a ver com a polaridade masculina do Logos planetário e com a criação de vectores, o mais rapidamente possível, para dentro da luz, isso acabou.




Nós hoje só vemos Caminho quando conhecemos o poder de destravar a energia que só a Compaixão contém.




O nosso coração está dentro de uma cápsula hermética que só é despressurizada através da compaixão. Eu tenho que olhar para o perfeito e o imperfeito com um coração impassível porque nós olhamos para o perfeito e amamo-lo e olhamos para o imperfeito e observamos, julgamos, quando não rejeitamos o imperfeito, isso não é a energia da Mãe.




O nosso coração permanece como uma tampa fechada a vácuo enquanto nós não praticamos a capacidade de incluir o outro no nosso próprio afecto e o que a Mãe pede é um coração idêntico (coração em chamas) em relação a todos os pontos à sua volta. Isto precisa de ser trabalhado.




O abraço da Mãe é todo abrangente, Ela não está interessada em fragmentar a Criação, Ela está distribuída por toda a Criação. Os teus corpos são parte da Mãe.




Quando a Mãe do Mundo se ocultou, ocultou-se num estado que para nós terá de ser traduzido por dor. A exteriorização progressiva da Mãe é feita através dos corpos físico, astral dos homens, é feita através da nossa mente. Ela precisa da consagração do homem para se exprimir. Sem isso Ela está asfixiada no âmago da matéria e, no que diz respeito à Mãe do Mundo, está travada no interior da Terra.




Os canais de emergência da Mãe somos nós. As estrelas no manto de Maria são o teu corpo físico, mental, emocional, és tu enquanto um ser terrestre. É a tua vibração que permite o transpirar da energia divina ou o seu bloqueio.




Nos próximos anos nós vamos ser violentamente sacudidos pela Mãe. É como se tudo o que é crosta, registo emocional velho, vibração astral velha, fosse cuspido para fora do teu campo vibratório. A Mãe vai usar os líquidos do corpo abundantemente para eliminar informação astral que está dentro de nós.




Uma lágrima é um saturado de informação astral. Uma lágrima é quando a Mãe decide que aquela emoção tem de ser expressa e tem de ser eliminada. O saco lacrimal enche-se na proporção em que a Mãe está preparando para ejectar informação emocional que já não é útil ao teu processo evolutivo (lágrima em termos ocultos), daí que é muito complicado a pessoa desaprender de chorar.




Nós vamos ser sacudidos, visitados, confrontados, vamos passar por expurgos muito intensos (no caso de algumas pessoas), por visões de cargas que estavam no inconsciente e vão ser ejectadas para fora do campo do ser e passam pela lente da consciência. Para a Mãe chegar, nós vamos ser virados do direito porque nós estamos virados do avesso. Isto vai dar uma volta completa e grande parte do processo passa-se nestes 80% de água de que as nossas células estão saturadas. Esta água salina está saturada de informação emocional e isto vai ser eliminado pela urina, pela transpiração, pelos olhos.




Sempre que estiverem eliminando líquidos visualizem que estão eliminando cascões civilizacionais.




Neste momento a Mãe tomou conta do processo.




Em termos internos, os Irmãos observam que o balão do veleiro já vai bem à frente. Raramente a nossa consciência, actualmente, aprova uma coisa negativa, raramente ela se liga a uma coisa externa, banal, este já não é o ponto dos seres que se estão preparando para a ponte entre os dois mundos (3ª e 4ª dimensão).




O trabalho na consciência está feito. Entramos numa fase em que os Irmãos nos pedem quietude que permite a Mãe entrar no sistema e lavar o que não pertence a Ela. O novo Sacrário somos nós.




Ela recolheu-se da atmosfera para o interior dos templos.

Recolheu-se do interior dos templos para o Sacrário

Implodiu no Sacrário, tal como nós o conhecemos e

Milhares de anos depois aparece dentro de nós transformando completamente o nosso corpo.

Quando nós temos “aquela figura feminina” falando ao Francisco (corpo mental), à Jacinta (corpo astral) e à Lúcia (corpo físico), temos a Mãe dizendo aos 3 corpos da personalidade: “virem-se para Deus” – Conversão. É como se Ela dissesse: “ponham a consciência neste ângulo de forma que eu possa trabalhar os vossos corpos e aliviar todas as vossas cargas”.




Portanto temos essa consciência do plano intuitivo superior, “Maria”, – Ela está bem para além do plano intuitivo, mas Ela representa, neste momento a membrana de Lis (estimulação da membrana intuitiva da Humanidade – ligação entre a personalidade e o ser interno – a zona de transferência). E Ela diz: “a partir daqui vocês não podem fazer mais nada do que se virar para o Alto e orar e deixem o resto comigo”.




Os 2 circuitos de que falamos estão relacionados com 2 triângulos: Um é composto por Miz Tli Tlan, que é a lente que capta a vibração divina para este planeta. Miz Tli Tlan é como uma imensa parabólica dourada (o disco dourado dos Incas é uma alegoria) cuja radiação penetra no espaço cósmico profundo até Orion. É de Orion que Miz Tli Tlan recebe os disparos de luz (informação divina) é a função mais sublime deste planeta. Ele está numa frequência que faz um bypass em relação à zona das hierarquias caídas. Esta zona localiza-se na região da Ursa Maior, é aí que estão estacionados os centros de distorção de força que aprisionam a Humanidade nas leis do carma, da reencarnação, da morte, do medo, da mentira.




A corrente divina vem de Orion e quando entra em regiões cada vez mais concretas da Criação, os raios são distorcidos e eles retiram a inteligência divina superior e guardam a força – porque um raio tem 2 aspectos: energia e força – e esta força usam-na para criar falsos ídolos na Terra. Falsos ídolos podem ser iguais a verdadeiros ídolos, depende da energia que irradia, de como tu as utilizas ou como és ensinado a utilizar.




Esse Ser feminino, anunciando-se a essas 3 crianças (representativas do físico, do emocional e do mental) está a ajudar a humanidade dizendo: “fundam-se, unam-se e adorem”.




Adorar é a função mais essencial dos próximos tempos. Sem Adoração não há transmutação da força. Quando emanamos luz e vem uma onda de retorno da parte da pessoa que recebeu essa luz, se não adoramos não temos para quem canalizar essa luz. A luz em vez de desaparecer no vórtex do coração e no centro da pineal, como isso não está a ser estimulado, a luz começa a fixar-se no plexo solar. Tu começas a ser um trabalhador da luz com um plexo solar cada vez maior, como a história do sapo que queria ser como o boi.




ATENÇÃO! Porque tu vais ser investido com muita energia de retorno da parte das pessoas a que te compete servir e se tu tens Adoração e Amor, tu não tens diafragma para enviar a luz que os outros te passam e fica retida no plexo solar e, indirectamente, começa a estimular o próprio ego.




Para que o indivíduo possa dar e receber a luz completa ele necessita de Adorar.




Nós não temos prática de adoração sem ídolo. O Foco, a reunião de todas as energias da consciência em torno do único ponto no centro do ser e, no secreto, elevá-lo ao Pai e Adorar, não está estimulado na maior parte dos servidores e Eles não podem amplificar a tua voltagem se não tens fusível de retorno.




É fundamental, à medida que nos aproximamos dos postos de serviço, praticar a Adoração. Não se trata de saber transmutar o mal, nesta fase trata-se de ancorar o bem, a luz, o Cristo e a Verdade no grau que te está destinado, deixar que isso se liberte de ti e se irradie à tua volta e permanecer igual a ti mesmo em todas as circunstâncias. Esta transmutação do bem só se faz com a Adoração.




Miz Tli Tlan capta essa energia cósmica superior e faz um circuito alternativo que não é apanhado pelas hierarquias caídas. Isso faz triângulo com Lis e Iberah. O outro triângulo é entre Aurora, Lys e Iberah.




Miz Tli Tlan faz chover para dentro do espelho de Lis a vibração dos Arquétipos, ou seja, o propósito original fiel à vontade do Pai sem nenhum desvio de nenhum nível. Miz Tli Tlan contém a mais alta concentração de resposta ao Divino que se encontra na Terra. É como se tivéssemos um sino dourado com o diâmetro de Lis inteira. Experimentem tocá-lo! O mais real é, quando tu focas o que sai é silêncio e quanto mais profundo é o vácuo e o silêncio mais o que passa de Miz Tli Tlan para baixo se transforma em som, mas, no seu próprio plano, é silêncio profundo.




Miz – significa “sábio”. Tli Tlan – significa “cidade” “Cidade dos Homens Sábios” ou “Vaso da Sabedoria”. Como Tenoch Tli Tlan – “Cidade de Enoch”.




Este Centro irradia o código perfeito para a Terra, para Lis/Fátima, que, por sua vez, transforma essa instrução superior em moldes. Isto é, antes de haver uma folha de castanheiro, há uma sequência de desdobramento das mitoses que fornecem a diferenciação celular que constrói – o molde está lá.




Então, Miz Tli Tlan emana os arquétipos e Lis gera os moldes, os envelopes electromagnéticos que estabilizarão o plasma da vida em forma, reino e veículos. Esta não é a única função de Lys.




A Virgem está associada a Lis porque a Virgem é a perfeita forma da personalidade. Virgem é o que acontece após a 3ª iniciação, dá-se uma transfiguração e a personalidade é despida da matriz de controle e nesse momento tu reflectes o Divino sem distorção – tu és Virgem.




Esta é a função de Lis e estes moldes são levados a Iberah (Centro que lida com a energia sexual planetária) composto por hierarquias que parecem guerreiros, indígenas, trabalham com bastões de energia Vrill que conduzem força cósmica – é um centro masculino e lida com o verter do plasma da Vida dentro dos moldes, ou seja, Lis fornece suportes, moldes, desenhos e Iberah fornece o elemental que vai habitar aqueles moldes.




Iberah é o forno e lida com o derreter do ferro e portanto com o retorno de tudo ao nível elemental, lida com a reciclagem total das forças e das energias que em tempos foram uma forma – o habitante da forma foi para um plano superior e depois dá-se uma desagregação, uma decomposição daquela forma e ficam os elementos, os níveis atómicos.




Iberah é uma gigantesca antena que está situada no interior profundo da América do Sul. De vibração vermelho incandescente capta toda a força elemental da Terra, recicla-a, fá-la retornar ao estágio mais puro possível e volta a vertê-la em novos moldes.




Portanto, temos:




Miz Ti Tlan – andrógino – gerando arquétipos;




Lis – feminino – gerando moldes, matrizes;




Iberah – masculino – vertendo plasma de vida nesses moldes.




Isto é feito constantemente a nível global. Na formação do desenvolvimento do feto temos bem compactado o processo Miz Tli Tlan/Lys/Iberah.




Iberah lida com a energia sexual do planeta e com o poder de materializar. É o Centro mais potente deste planeta. Lida com frequências muito mais próximas da matéria, enquanto que Miz Tli Tlan lida com a adaptação do Divino à Terra e levar a Terra ao Divino. Do ponto de vista cósmico divino, todos os centros intraterrenos são um só.




A energia de Iberah é tão potente que alguns magos aprenderam a desviá-la.




O “Tantra da mão esquerda”, o Tantra que utiliza práticas sexuais para ligar o Pai à Mãe, foi um nível de experiência autorizado pela evolução neste planeta até ao fim da Lemúria e depois recolheu alguns pontos onde continuou a ser autorizado porque existiam mestres capazes de ensinar uma progressão tântrica útil, criativa.




A partir da Atlântida o “Tantra da mão esquerda” foi totalmente desautorizado neste planeta.




Quando os soldados americanos chegaram a Berlim uma das descobertas mais estranhas que fizeram foi o encontro de um grupo de lamas tibetanos, em plena Berlim, mortos em círculo (100).




O que se percebeu é que “o outro ser” estava usando conhecimentos dos Tantra tibetano da mão esquerda para desviar força sagrada de Iberah. O 3º Reich era apenas a 1ª alternativa – eles tinham dois planos alternativos. A alternativa 2 seria feita toda na Argentina, tanto assim que a maior parte dos nazis que escaparam ao julgamento fugiram para o Brasil e Argentina porque aí eles teriam alguns magos já preparados para continuar a desviar força de 1º Raio (Iberah é 1º Raio) para os seus próprios fins. Isto é para percebermos o poder desse centro.




Se o Tantra da mão esquerda – sexual/físico – foi desautorizado pela Hierarquia, o Tantra da mão direita – o mantra, o yantra, o desenho, o hieróglifo sagrado, o ritual que vem do profundo do ser – tudo isso é Tantra. Sempre que dois triângulos tiverem que se ligar é tantra, e isso é estimulado por Iberah porque certos sons, certas formas geométricas alteram a vibração da matéria, tudo isto é tantra.




Sempre que temos a forma associada a uma função espiritual estamos em tantra. Tantra é uma realidade muito abrangente que relaciona forma com uma função divina. Lis capta a vontade do Pai, gera moldes que depois são preenchidos por esses varões de energia Vrill – elementais.




A forma pulsa, tem calor. A função de Lis é a geração de moldes para a vida.




O outro triângulo tem a ver com a cura cósmica – Aurora/Lis/Iberah.




Depois de Iberah ter preenchido os moldes com a forma e a forma estar viva (toda a vida, uma criança, uma borboleta, a consciência em evolução, a evolução do sentimento, etc.), isto fica vibrando entre Lis e Iberah. Como nós estamos submetidos a uma matriz que distorce o Divino, Aurora, constantemente, ajusta a forma de novo ao molde.




Aurora, que trabalha com energia violeta, é uma embaixada de Andrómeda na Terra. O poder de Aurora – 1º e 6º Raios – é de curar a vida, de replasmar nos moldes.




É como se tivéssemos uma sacerdotisa que segura o molde num lado do triângulo e tem um sacerdote ígneo, com bastão de fogo a injectar o elemento primordial no interior do molde de forma que a Vida seja. E Aurora, em cima, é como um curador cósmico que verifica ao longo do processo daquela vida, naquela forma, as distorções, e quando a distorção atinge um certo nível, ajusta amorosamente de novo a vida e a forma ao molde.


Aurora rege o plano emocional da Terra. Isto significa que a maior possibilidade de distorção deste planeta é feito pelo corpo emocional.


Estes centros estão muito ligados à Mãe do Mundo, ao problema da cura, ao fim do carma, à libertação do ser e à reunião do ser ao seu grupo cósmico.


André Louro de Almeida

Autor da Imagem
"Shamballa": Daniel B:Holeman
Retirado do blog Deusa Solar:

http://deusasolar.blogspot.com/2010/05/o-caminho-para-super-vida-o.html

Ouroboros

A serpente Ouroboros em um antigo manuscrito alquímico grego

Ouroboros (ou oroboro ou ainda uróboro) é um símbolo representado por uma serpente, ou um dragão, que morde a própria cauda. É um símbolo para a eternidade. Está relacionado com a alquimia, que é por vezes representado como dois animais míticos, mordendo rabo um ao outro. É possível que o símbolo matemático de infinito tenha tido sua origem a partir desta imagem.

Segundo o Dictionnaire des symboles o ouroboros simboliza o ciclo da evolução voltando-se sobre si mesmo. O símbolo contém as ideias de movimento, continuidade, auto fecundação e, em consequência, eterno retorno.

Albert Pike, em seu livro, Morals and Dogma [p. 496], explica: "A serpente, enrolada em um ovo, era um símbolo comum para os egípcios, os druidas e os indianos. É uma referência à criação do universo".

A forma circular do símbolo permite ainda a interpretação de que a serpente figura o mundo infernal, enquanto o mundo celeste é simbolizado pelo círculo.

Noutra interpretação, menos maniqueísta, a serpente rompe uma evolução linear, ao morder a cauda, marcando uma mudança, pelo que parece emergir num outro nível de existência, simbolizado pelo círculo.

Para alguns autores, a imagem da serpente mordendo a cauda, fechando-se sobre o próprio ciclo, evoca a roda da existência. A roda da existência é um símbolo solar, na maior parte das tradições. Ao contrário do círculo, a roda tem certa valência de imperfeição, reportando-se ao mundo do futuro, da criação contínua, da contingência, do perecível.

O ouroboros costuma ser representado pelo círculo. O que parece indicar, além do perpétuo retorno, a espiral da evolução, a dança sagrada de morte e reconstrução.

Pode-se referir que o ouroboros, ou símbolos semelhantes, constam de obras alquímicas, nas quais significa “alimenta este fogo com fogo, até que se extinga e obterás a coisa mais estável que penetras todas as coisas, e um verme devorou o outro, e emerge esta imagem”. Isto, após uma fase em que pela separação se divide o um em dois, que contém em si mesmo o três e o quatro, “... é um fogo que consome tudo, que abre e fecha todas as coisas”.

Registre-se ainda, na tentativa de avançar pistas para a raiz etimológica da palavra “ouroboros”, que em copta “ouro” significa “rei” e em hebraico “ob” significa “serpente”.

Se o segundo símbolo constante da nossa imagem for uma alcachofra, diga-se que esta é tida por alguns o análogo vegetal da fénix, pois após ser submetida ao calor a sua flor perde o colorido e fica totalmente branca, posto o que renasce.

Geralmente, nos livros antigos, o símbolo vem acompanhado da expressão "Hen to pan" (o um, o todo). Remete-se assim, mais uma vez, ao tema da ressurreição, que pode simbolizar o “novo” nascimento do iniciado.

Em relação a certos ensinamentos do budismo tibetano (como dzogchen e mahamudra), pode-se esboçar uma maneira específica para vivenciar (em estado meditativo) este ato de "morder a própria cauda". Por exemplo, ao perceber-se num estado mental atípico (além das formas habituais) procurar olhar a si mesmo.

 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Ouroboros

Já estamos desenvolvendo uma freqüência de Deus - Saint Germain



O que são as Chamas Gêmeas?




Para nos ajudar a compreender o que são as Chamas Gêmeas, vamos primeiro dar uma olhada na

jornada da alma e como ela foi formada.




Muitas pessoas não entendem muito sobre a alma. Para aquelas pessoas que têm um interesse no aspecto espiritual ou energético da vida, elas compreendem que temos de ir além relacionado-se com a vida, ir além do corpo "consciência " ou o reino físico.




Esse é o primeiro passo, porque a "Alma" em si é, apenas, um veículo para consciência e de expressão. A alma, em si, deve ser levada e orientada para atingir seu objetivo. A alma em si não é permanente, e' um estado de devir. A alma em si tem uma finalidade, uma origem, tem um começo.




Esse princípio tem a ver com o nascimento de Chamas Gêmeas. A alma pode e tem várias - até mesmo milhares - de encarnações e vidas. Ele usa o corpo como um veículo para jogar fora essas vidas.




Mas antes destas vidas, a própria alma nasceu e criou-se do Espírito. Em um sentido mais simples, cada um de nós só teve um nascimento espiritual. Nós fomos criados em um teste padrão original ou modelo único de Deus.




A história da criação de Chamas Gêmeas e' importante para nos ajudar a compreender a nossa viagem. Ela começa com uma dimensão não-física. Chamas Gêmeas são criadas na união de "ambas" as energias de Deus Pai / Mãe. Nós somos o todo andrógino. Nós somos UM.

Quando Chamas Gêmeas nasceram, um aspecto assumiu a imagem do masculino e o outro,

do feminino. Cada aspecto poderá ter a sua própria expressão individual. Cada Alma pode fazer suas decisões, ela tem sua própria vontade. Ela pode se tornar co-criadora com a mente superior de Deus mais facilmente, porque esta' mais próxima Dele em vibração e frequência. Deus honrou o livre- arbítrio dela. Cada um de nós é completado com a contraparte Divina chamada a "Chama Gêmea" ou

"Alma Gêmea".




Muitas Chamas Gêmeas enfrentaram uma longa jornada para encontrar a totalidade, para encontrar a

Chama Gêmea e o caminho de volta para o Núcleo de Deus. As Chamas Gêmeas tem o mesmo padrão de energia de criação - "projeto eletrônico" idêntico.




As Chamas Gêmeas começaram a fazer suas decisões próprias: para seguir um certo caminho ou a se envolver com outras almas e procurar diferentes interesses. E por isso, muitas vezes, elas se tornaram separadas. Claro que nem todas as Chamas Gêmeas permaneceram separadas. Algumas ascenderam, também. Às vezes uma Chama Gêmea ascensiona e a outra ainda fica tentando encontrar a sua outra parte. (Há uma memória profunda e antiga de ligação com nossas Chamas Gêmeas).




Nas partes mais profundas do nosso ser temos o nosso registro akáshico - união espiritual

com a Chama Gêmea e com o Pai-Mãe. Isso é chamado de o Plano Divino.




Através da reencarnação foi dada a oportunidade `as Almas de evoluir e continuar a seguir

a realidade interna do ser, vivendo vidas na Terra como um aprendizado.




Quando Chamas Gêmeas podem direcionar a sua harmonia e seu foco para o amor incondicional e serviço abnegado, toda a vida responde nos padrões perfeitos. Tal é o poder de Chamas Gêmeas unidas ao amor divino.




Estamos entrando em um tempo, nesta Nova Era de Aquário, onde as Chamas Gêmeas estão se reunindo fisicamente ou através de uma aceleração de Planos Espirituais. Mas o ponto é sempre a aceleração espiritual e a dedicação ao plano divino original (individual e coletivo).




A questão é: Estamos finalmente prontos para enfrentar o nosso destino divino?




Qualquer um de nós pode começar a criar uma "re-união" com a energia das Chamas Gêmeas

ao decidir dedicar a nossa energia para o eu superior. Devemos aprender a cultivar, em pequenos passos e em maior consciência, o momento presente no "EU SOU".

Estamos mudando para uma vibração mais elevada. Já estamos desenvolvendo uma freqüência

de Deus. Temos de nos permitir receber esta graça, ter fé, perdoar e amar a nós mesmos, acreditando nas missões de nossa alma ( mesmo quando as coisas ficam difíceis). A alma e o Eu Superior sao nossos professores no interior de nós mesmos.




O amor que brota da fonte divina destina-se a ser expressa. Para expressar o nosso amor divino, Deus constrói nosso fogo. Somos uma chama. Somos uma chama viva.

St. Germain





Retirado do Blog: Canto de Luz
http://cassiaderesenderixse.blogspot.com/2011/11/ja-estamos-desenvolvendo-uma-frequencia.html

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

A tradição oriental postula que o universo está impregnado de chi (prana, éter, ki, energia imanente, fluido cósmico universal, etc).


Do livro "Viagens Fora do Corpo" - Robert Allan Monroe

A energia se apresenta de várias formas, dentre elas: energia calórica, mecânica, gravitacional, elétrica e outras. O Tipo de energia a ser abordado aqui é mais conhecida como energia magnética ou anímica. Pode ser chamada também por Energia Consciencial.

A tradição oriental postula que o universo está impregnado de chi (prana, éter, ki, energia imanente, fluido cósmico universal, etc) que é responsável pela vida. Essa energia primária está difusa em todo o universo. A Teosofia alega que essa energia vital provêm do Sol. Pelos nossos estudos, sabemos que essa energia cósmica está em todas as partes, porém reconhecemos o imenso e importantíssimo valor do sol que intensifica e amplia muito essa energia e ajuda a nutrir nossa Terra com vida, por todos os meios possíveis. Essa energia é absorvida principalmente pelos chakras e conduzida às células físicas pelas nadis (canais de energia - "veias energéticas"). A energia absorvida pelos chakras alimenta o corpo físico energeticamente, todos os órgãos internos do Homem, e eleva o "tônus vital" de cada ser. Após ser absorvida pelos chakras, a energia sofre um processo de transformação e essa energia transformada chamamos por energia anímica ou consciencial.

Simplificando, existe uma energia primária, imanente, que permeia todo o universo. Ao absorvermos essa energia e quando a exteriorizamos pelos nossos chakras, a qualificamos com nossas qualidades, defeitos, enfim, nosso jeito de ser. Esse energia cósmica, após ser qualificada com nossas informações, ou seja, tudo que vem de nós e faz parte do nosso ser, se torna uma energia única, pessoal, anímica, consciencial (própria da consciência). Essa energia anímica é o que caracteriza o nosso carisma, o nosso magnetismo pessoal. Muitas pessoas tem um magnetismo tão bom, que, aparentemente, chamam atenção, ou seja, até sua chegada em determinado lugar é percebida e bem-recebida. Todos nós podemos aumentar nosso magnetismo pessoal, não é preciso nenhuma técnica específica, basta mudarmos, para melhor, nossa personalidade, polirmos os aspectos negativos do nosso ser, aperfeiçoarmos nosso caráter, dia após dia. Procuremos viver sempre com: VERDADE - RETIDÃO - PAZ - AMOR - NÃO-VIOLÊNCIA.

A energica cósmica é uma energia essencialmente positiva. Então, após ser absorvida pelos chakras (centros de força = transformadores de energia = captadores e emissores de energia), quando se torna uma energia pessoal, anímica, ela é modelada e qualificada com todas as nossas informações (qualidades, defeitos, pensamentos, sentimentos, etc), ou seja, a nossa personalidade vai determinar um tipo peculiar e único de energia, diferente da energia universal, que nos será própria e única. Conforme a boa ou má qualificação da energia cósmica com nossas "informações", nossa energia pessoal, anímica, consciencial, irradiará aquilo que somos interiormente. Alguns médiuns e sensitivos, conseguem "ler" a energia, captá-la, senti-la, e verem o estado da pessoa, inclusive alguns detalhes de sua vida. Então, nossa energia será clara ou escura, de diferentes colorações, opaca ou brilhante, de alta ou baixa vibração, de alto ou baixo teor, conforme as qualidades intrínsecas do indivíduo. A nossa energia pessoal, a nossa aura, reflitirá a nossa condição íntima. Quanto mais evoluída a consciência, mais suas energias pessoais se aproximarão dessa energia imanente universal, dessa energia livre e pura que permeia o cosmos.


No nosso Mundo, existe uma dimensão energética (Dimener), que é formada pelas próprias energias emanadas pela nossa Mãe Terra, por todas as coisas vivas. Cabe lembrar que tudo está vivo. Então, essa energia da Terra se liga à dos homens e forma um campo energético coletivo que se espalhará por todo o planeta. A dimensão energética apresenta várias cores, pois as energias emanadas pelos seres humanos são diferentes, embora, em alguns casos, conserve o mesmo padrão. Então forma um grande campo energético multicolorido, com cores claras, escuras, de diversas tonalidades. As energias da dimensão energética vibram, pois os pensamentos emitidos pela humanidade são energias que tem uma vibração própria. Pelas energias vibrarem, elas apresentam barulho, em diversos volumes, desde ruídos baixos até um barulho que possa incomodar. Isso depende também da proximidade desse campo de energias ou da distância. Dizemos também que toda energia tem informação, conseqüentemente esta dimensão energética, existente desde a formação do nosso mundo, serve, inclusive, para registrar tudo que foi feito através dos tempos. Essas energias contêm informações sobre toda história do nosso mundo, de todas eras, sobre tudo que já aconteceu com nosso planeta, em todas suas etapas de evolução.

Cabe dizer que essa "dimensão energética" não é um plano aonde as pessoas vão depois do desencarne. Alguns autores, no entanto, acreditam que toda pessoa quando morre fica um tempo nessa dimensão paralela à física e paralela às dimensões astrais da Terra. Não sabemos com certeza se eles falam da dimensão energética ou de outro espaço paralelo ainda desconhecido por nós. Estes autores alegam que nesse espaço intermediário não existe interferência de tempo e de espaço, podendo também ser um ponto de encontro entre seres que habitam mundos diferentes, realidades diferentes. Aquelas pessoas que conseguem observar a dimensão energética ou apenas senti-la, geralmente são envoltas num enorme bem-estar, como se estivessem dentro de um mar de energias positivas. O prana, chi, ki, etc., em essência, é puro e positivo. Porém, as irradiações mentais dos homens "poluem" essa energia vital tão importante para nós. Podemos dizer que essa dimensão intermediária também tem a função de ligar o corpo físico do planeta (plano físico) com o corpo astral do mundo (plano astral). Podemos notar certa semelhança com o corpo energético do homem que liga o corpo material do ser humano ao seu corpo astral.

Os pensamentos e sentimentos de toda humanidade são irradiados, através de ondas mentais, ligando-se a essa dimensão energética, e também afetando ela, seja de forma positiva ou negativa. Essa dimensão energética reflete-se externamente formando assim uma espécie de "aura planetária". Pela atual condição dos homens e pelas irradiações constantes e ininterruptas de pensamentos e sentimentos de raiva, ódio, violência, medo, enfim, pela emissão incessante de energias negativas ao planeta, muitos lugares dessa "atmosfera energética" da Terra não estão bons. Podemos dizer que as energias que gravitam em vários lugares se encontram "doentes". Sem nenhuma dúvida, essa atmosfera energética negativa influencia o comportamento agressivo dos homens e o aumento, cada vez mais crescente, da violência em todo mundo. Temos que informar também o seguinte: quando há uma limpeza energética do "astral" de algum lugar, ou seja, uma "faxina" de certas energias negativas de um local, a parte material se torna melhor e o comportamento dos homens tende a melhorar. Isso acontece se eles não voltarem a "sujar" esse campo energético coletivo, por isso é preciso a auto-educação e a regeneração interna do próprio ser. Continuando o que estavamos comentando, a realidade é que o campo energético coletivo, projetado pra cima, para o alto, é melhor em alguns lugares do que em outros. Isso inclui desde fatores humanos, ambientais, entre inúmeros outros.

É importante dizer que não existe apenas um único tipo de energia. Existe, sim, uma energia primária, de onde derivaram todas as outras. Através dessas derivações, outros inúmeros tipos de energia, de diferentes aspectos e colorações, surgem. Existe, na verdade, toda uma cromática energética universal, cores-energias, energias vivas da criação, que criaram, em uma combinação perfeita, tudo que existe. Essas energias se manifestam sempre de "cima para baixo", por um processo lento de condensação. Lembramos o caso do nosso planeta: o plano mental é formado por energias mais sutis, mais próximas da energia livre; o plano astral é formado por energias intermediárias, de acordo com a faixa vibratória de cada esfera espiritual; o plano físico é o mais denso de todos; todos eles, porém, foram originados da energia primordial, dessa energia cósmica, que, em cada plano, se adensou e formou um tipo de matéria-energia diferente. Todos esses planos, no entanto, coexistem harmônicamente. Essas diferentes energias também tem diferentes funções, que, por diversos meios, podem atuar realizando benefícios tanto no ser vivo, quanto na Terra.

Podemos captar energias de diferentes fontes. Podemos captar energias do Sol, das águas, das matas, da terra, do ar, do éter, da própria alimentação, inclusive. O contato permanente com a natureza é muito bom para restabelecermos nossa saúde energética, pois renova nossas energias pessoais. Nesse caso, a nossa aura, nosso campo bioenergético, através dos chakras, entra em contato com as energias da natureza, que são extremamente saudáveis, capta essas energias vitais, e "alimenta" nosso corpo etéreo de forma muita positiva. Podemos captar energias fora do corpo também, em dimensões espirituais evoluídas, onde o nível de energia é muito forte e positivo. Durante o sono, quando desdobramos nosso corpo espiritual (psicossoma) absorvemos essa energia, às vezes estando nós conscientes ou inconscientes. Essa energia vivifica a matéria.

Em nossas relações do dia-a-dia, no contato com outras pessoas, há uma troca de energia constante. Emitimos e recebemos energias, sempre. Dependendo da nossa condição, às vezes doamos energia ou sugamos energia alheia. Então pode acontecer de assimilarmos energias saudáveis ou negativas, tanto de pessoas como de ambientes. Às vezes sentimos um ambiente pesado, carregado, isso significa que a egrégora (campo energético formado pelas pessoas presentes no ambiente) está ruim. Devemos evitar freqüentar lugares sabiamente negativos ou lidar com pessoas negativas, isso só irá nos prejudicar. No entanto, se a pessoa souber trabalhar com energias poderá ajudar a limpar o campo energético e se conhecer e souber lidar com a psiquê humana, pode transformar situações ruins em situações boas e positivas. Pode virar o jogo. De qualquer forma, procuremos frequentar somente lugares positivos e mantermos contato com pessoas saudáveis, para o nosso bem. De qualquer forma, vamos dar uma dica simples para todos. Quando um ambiente, qualquer ele que seja, estiver muito carregado, para evitar se "contaminar" com energias prejudiciais, cruze as pernas, as mãos e os braços, isso é um escudo energética. Técnica simples e de origem antiga.

Existem vários meios de se trabalhar com as energias. O meio mais simples é a oração. As vibrações da prece contribuem na limpeza da nossa aura. Purifiquemos nosso coração primeiro, nossos sentimentos, purifiquemos nossos pensamentos, andemos sempre no caminho reto, respeitando e seguindo a Boa Lei, a Lei de Deus. Ajudemos ao próximo, no que estiver ao nosso alcance. Façamos tudo com amor e pelo Amor. Oremos sempre. Quando oramos, o nosso campo energético se amplia, formando uma espécie de "escudo energético" contra energias negativas. Poderemos fazer uso também do Estado Vibracional, entre outras técnicas que futuramente explicaremos.

Tudo que existe é energia, exceto a consciência. A consciência é muito complexa e ao mesmo tempo extremamente simples. As energias estão em todos os lugares. A realidade energética está subjetiva em todas as coisas, seres e objetos. Finalizamos esse estudo com uma reflexão. Qual a natureza da consciência então? Podemos afirmar que ela é da mesma natureza que a Alma de Deus. E qual a natureza da Alma de Deus? Que cada um pergunte pro seu coração...


NOTA: Robert Allan Monroe (1916-1995) foi um dos maiores pesquisadores e incentivadores das experiências fora do corpo da segunda metade do século XX. Ele próprio um projetor, procurou desenvolver técnicas para reproduzir e pesquisar as saídas do corpo de forma organizada, clara e acessível. Fundou em 1971 nos EUA o Instituto Monroe para pesquisa da consciência. Além do livro "Viagens Fora do Corpo", ele também lançou os livros "Viagens Além do Universo" e "A Última Jornada" - todos pela Editora Record.
Do livro "Viagens Fora do Corpo" - Robert Allan Monroe - Editora Record



Retirado do blog: Canto de Luz
http://cassiaderesenderixse.blogspot.com/2011/11/tradicao-oriental-postula-que-o.html


Imagens da Autoria de Daniel B Holeman

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Oraçao-Decreto Fogo Pérola - por Luzinha Azul



Mestre Jesus Sananda, Madalena, outros



Fogo Pérola,
Raio de Luz magnificente,
Da majestosa chama do Pai e Mãe;
Amor excelso e imaculado,
Por esta chama olímpica e ardente!
Cura e pureza na essência gerada,
Pela mestria desta luz ígnea e imponente!


Fogo Pérola,
Raio de luz resplandescente!
Arquétipos Crísticos transfigurados;
Energia de fusão elevada,
União em comunhão sublimada,
Abraçando a Humanidade
E todos os Divinos Complementos.


Fogo Pérola,
Raio de luz incandescente,
Mas translúcida, límpida e pura!
Protege-nos na tua concha nacarada,
Mergulhados docemente,
Na tua luz irisada,
De chama augusta e tão segura.



Luzinha Azul: Anunciação, Flor de Vénus - 2011

Todos os direitos reservados.

Esta mensagem pode ser compartilhada com outras pessoas desde que os creditos sejam respeitados. 
 Gratidao por ajudarem a espalhar a Luz e o Verbo Divino pelo Mundo.



Site da 1ª imagem
fatuquinhaorganizaseular.blogspot.com

 2ª Imagem da Autoria de: Florbela de Castro

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Plataforma Avatares do Cristo

http://www.plataformaavataresdocristo.com/

11/11/11 - As Energias da Nova Terra - Outubro 2011 - Arcanjo Miguel através de Celia Fenn





11/11/11

O Segundo Triplo Portal e os Códigos de Renovação

Arcanjo Miguel através de Celia Fenn

As Energia da Nova Terra - Outubro 2011



Amada Família da Luz, este é um grande momento na transformação do Planeta Terra e do cimentar da Nova Terra e da Idade de Ouro da Paz e do Amor. Chegaram ao Portal do Tempo que é o chamado 11/11/11, no dia 11 de novembro de 2011. Este representa um "Momento Cósmico" do Despertar Global e Unidade, e o momento em que os "Códigos de Luz" ou "Códigos Cósmicos" da Renovação são recebidos nas Grades Cristalinas da Terra. A recepção do Código da Renovação voltará a acelerar as frequências do Holograma Terra, permitindo a reconexão com a Sétima Dimensão da Consciência, enquanto o Planeta continua em sua jornada para o Coração Divino da Consciencia Multi-Dimensional.



É realmente um momento de alegria e celebração. Estão a caminho de “Casa”... tanto Individualmente quanto como uma Civilização Planetária. O Grande Despertar está em curso! Os que estão prontos estão a entrar no propósito de Alma da Nova Terra e tornando-se os Pioneiros Multi-Dimensional para a Humanidade. Como a Terra se encaixa na Matriz de Quinta Dimensão holográfica da Nova Terra, a Humanidade aprende a expressar a Unidade e a Consciência da Unidade de Interconexão que é a Essência da Quinta Dimensão. Diariamente, começam a compreender que são realmente Cidadãos Planetários, uma família com problemas e questões comuns. E, começam a ver que só vocês podem resolver esses problemas unindo-se em Paz e Amor para criar um novo caminho para a frente.



Amada Família da Luz, nós celebramos com vocês neste Grande Momento de Transformação. No final de 2010, ficámos radiantes quando a Terra fez o seu salto de "Ascensão" da linha do velho tempo tridimensional para o Novo tempo Quinto-dimensional. Nesse ponto, todos os cenários de "Beco Sem Saída" foram considerados inválidos enquanto a Terra e todos os Seres Vivos se alinharam com a realidade de Re-Nascimento e da Nova Terra. Então, em Agosto de 2011, na altura do Portal do Leão, vocês deram mais um grande passo para a frente á medida que se conectam com a Sexta Dimensão e com os fluxos da Abundância e Manifestação que irão desbloquear a Nova Terra. Aqueles de vocês que estavam prontos ancorado estas energias nas "Linhas da Rosa" das Grades Cristalinas, aqueles meridianos de energia que carregam a Consciência Crística Cósmica desde o Divino Coração até à Grade do Coração do Planeta.



Agora, no 11/11/11, aqueles de vocês que estão entrando na Consciência Multi-Dimensional como Pioneiros, vão ancorar a Sétima Dimensão, a Consciência de Mestres Ascensos de Luz. Vão tornar-se não só Mestres da realidade Plano da Terra, mas irão integrar também com a Mestria Espiritual e Sabedoria que vão prepará-los para seus novos papéis como Regentes e Guardiões da Terra Nova e Guardiões da realidade da Nova Terra. Esta ligação vai significar o "fim" da "religião" como um meio organizado de controlo, e será reconhecida finalmente a conexão espiritual individual com o Coração Divino. Na Sétima Dimensão de Luz há uma compreensão clara da Luz Divina em todas as coisas e a alegria de celebrar a Luz Divina e Coração em Cerimônias em Sagrada Comunhão e Amor.



Também se irão tornar os Guias e Professores para aqueles que estão apenas a começar a sua jornada do despertar e a sair da matriz tridimensional para a Consciência Superior Planetária da Maestria Quinta-dimensional. Assim como têm trabalhado para dominar as habilidades dessa Nova Realidade, do mesmo modo serão chamados para mostrar aos outros como se tornar Mestres e os ajudar a Recordar quem são e a Caminharem com o seu Poder Pessoal e Amor.





Os Códigos de Renovação



Amados, à medida que se aproximam do 11/11/11, já estão a começar a receber os Códigos da Renovação. Estes são os códigos de Luz que irão activar e dinamizar os processos de renovação da Terra. Os "Códigos da Renovação" são “pacotes” de informação de Luz Cósmica ou “downloads” que trazem as instruções do Divino Coração para a Renovação de toda a criação neste Novo Ciclo de Nascimento Cósmico. O "Fim" já acabou.... É realmente o Tempo de Nascer e Recomeçar.



Os "Códigos da Renovação" estão a activar o vosso Corpo de Luz e o vosso DNA, tanto para se alinharem com o Projeto Original Divino para Multi-Dimensional Formas de Vida do Homem, como para receberem novas informações para o desenvolvimento da Forma Humana de formas novas. Isto significa que haverão energias "elétricas" fortes que irão enviar “cargas” elétricas através do Corpo de Luz para o Corpo Físico, onde o DNA físico também receberá a informação de Renovação e Regeneração.



O Efeito desta Nova Energia será para acelerar a frequência do Corpo de Luz e do Corpo Físico para aceder a umaexperiência mais subtil e afinada da realidade para aqueles que estão prontos para abraçar as novas frequências e incorporá-las como Mestres da Nova Realidade na Nova Terra.



Em termos mais amplos, os Códigos de Renovação afetarão todos os aspectos da Vida na Terra à medida que a nova matriz de Quinta Dimensão toma forma e começa a manifestar novas formas de expressão da capacidade humana para o Divino Amor, Paz e Abundância. Todos os aspectos da vida serão reconsiderados e reestruturados para se alinharem com a Nova Realidade. Este processo irá acelerar à medida que os Códigos de Renovação são ancorados e enraizados nas Grades da Nova Terra.



Amada Família da Luz, será o privilégio vosso receber e ancorar esta energia para que Todos na Terra podem beneficiar da Abundância e Bênçãos que estão as ser derramadas para a Terra desde o ancoramento da Sexta Dimensão da Consciência. É tempo de todos beneficiarem de tal e, assim, o velho sistema económico que criou a pobreza e a destruição ecológica está a desintegrar-se, e será substituído por um novo modo de vida que irá surgir, com base em princípios sustentáveis e éticos que garantam os Direitos humanos básicos de alimento, abrigo, vestuário e educação para todos, bem como a oportunidade de desenvolver e crescer de acordo com o Plano de Alma de cada ser.



Estas mudanças vão mover-se fora da ansiedade e do caos que agora está ao vosso redor. Aqueles de vocês que vieram para a Terra com Planos de Alma que pedem Novas Comunidades e Novos Sistemas Económicos e Sociais, serão chamados agora para começar a oferecer os seus dons e alinhá-los com os vossos propósitos mais elevados. Os Códigos da Renovação irão ativar e acelerar aqueles cujo trabalho é fazer parte da Renovação e Nascimento da Realidade da Nova Terra.



Amados, como os Códigos de Renovação estão a fluir para dentro, para a Terra a partir do Divino Coração Cósmico, é um bom momento para pensar em como poderá alinhar-se mais plenamente com seu Propósito da Alma e com a entrada das novas energias.





A Ponte do Arco-Íris e o Papel dos Indigo/Cristais entre 11/11/11 e 12/12/12



Existe um Grupo de Alma ou Família de Alma, cujo propósito está agora a passar por uma grande mudança. Esta é a Família de Alma Indigo-Cristal. Inicialmente o seu trabalho foi o de facilitar o ímpeto para o Grande Despertar e Transformação do Planeta, desafiando sistemas e resgateram o seu poder pessoal lembrando-se da sua Herança Divina como Anjos Humanos, activando os Códigos DNA de Luz necessários para o Despertar e Transformação.



Agora, no entanto, muitos deste grupo estão a avançar para novos papéis que permitirão o ancoramento da Nova Terra. Serão aqueles mais novos, abaixo dos 40 anos de idade, que irão facilitar a energia que irá lançar novas ideias de vanguarda na tecnologia, economia e intearcção social. Estas novas ideias serão as "sementes" que irão germinar e que irão ter formato como uma nova forma de vida.



Uma vez que esta "Ponte Arco-Íris" de novas ideias e conceitos for estabelecida, irão "atravessar" para um novo estilo de vida Multi-dimensional que honra a Terra e todos os que vivem nela, e a guerra e a pobreza vão-se tornar coisas do passado.



Há muitos seres Índigo/Cristal, tanto os mais novos e aqueles que despertaram e fizeram a mudança que agora estão prontos para abraçar um Novo Propósito de Alma para a Nova Terra.



Este Novo Propósito de Alma irá alinhar-se plenamente com a Nova Terra e com a Celebração de Boas Vindas a Casa do 12/12/12 em 2012, este Grupo de Líderes Alma vai ter semeado as novas estruturas e as comunidades que levarão a Terra através da Ponte do Arco-Íris e no último Portal Triplo. Este será o período de 12/12/12 a 21/12/12, um período de nove dias em que as integrações finais e alinhamentos com o Coração Cósmico serão alcançados, e a Terra será "re-formatada" para o seu próximo Grande Ciclo de Evolução em Paz, Harmonia e Amor.



Então, muitos de vocês vão descobrir no próximo ano que o seu Propósito de Alma mudou e foram re-alinhados radicalmente, à medida que começam uma "nova encarnação" no mesmo corpo físico. Isso vai significar grandes mudanças na vida de muitos à medida que se preparam para o que vamos chamar de "Mudança Final" em 2012. Até agora, Amada Família Terrestre, estão acostumados com o Fluxo de Mudança e sabem como aceitarem e renderem-se ao destino da vossa Alma com a Graça e Alegria. Têm a certeza que se estão a mover para um lugar de Alegria e Felicidade dentro da Realidade da Nova Terra.





O Portal Indigo/Rosa de 11/11/11



Amada Família da Terra Nova, em Novembro de 2009, no primeiro evento 11/11/11, foram guiados para a abertura do Portal Cósmico da Rosa e à abertura dos vossos próprios "Portais de Ascensão". Esta foi a activação do Chakra da Coroa, com o Solar, Centros Galácticos e Cósmicos, permitindo que começassem a sentir a conexão total de Multidimensionalidade. Em seguida, no Solstício de 2010, activámos o Chakra Estrela da Alma e do Chacra da Estrela da Terra, permitindo-lhes ancorar e integrar estas novas energias. Cada um de vocês que permitiu que esta Transformação tem agora a "conexão" de chakras para permitir o desabrochar numa Realidade Multi-dimensional e Cósmica.



Neste segundo Portal 11/11/11, a própria Terra alinha-se e conecta-se com o seu Destino Cósmico. Assim como você se tornou o Cálice Dourado da Luz no primeiro portal de 11/11/11, agora que a Terra se torna um Cálice de Luz e é preenchida com a Energia do Cristo Cósmico!



Amados, isto significa que a Terra Ascensa tornou-se sagrada e preenchida com a Luz de Cristo e o Amor Incondicional Divino. Isto significa que aqueles que procuram explorar a Terra e seu Povo já não terão sucesso. O Plano Divino não vai mais permitir esse tipo de comportamento ou apoiar estes tipos de ações. Apenas aqueles que usam o Livre Arbítrio para escolher Amor, Paz e Harmonia irão florescer na Nova Realidade. É realmente o momento para os que vibram ne Paz herdem a Terra!



Nós celebramos com vocês no 11/11/11!


@Celia Fenn

http://www.starchildglobal.com/

Tradução por Isabel Angélica - isabel11@gmail.com /

Site dessa imagem

ffffound.com

 Illustrations by Yang Fan - TutorArt | Graphic Design Inspiration


2012 – Um Olhar Sobre o Magnífico Ano à Frente- Uma mensagem de Metatron canalizada por James Tyberonn, outubro de 2011







Saudações, Mestres! Nós envolvemos todos vocês com uma energia nutridora e num campo de auto-capacitação, pois cada um de vocês é verdadeiramente um Mestre no seu caminho de Ascensão. Nosso propósito é oferecer-lhes inspiração e clareza, mas é realmente necessário que VOCÊS, como SERES sagrado e soberanos tenham discernimento em relação a esta e a qualquer outra mensagem “canalizada”.

Iniciaremos esta conversa sobre 2012, um ano verdadeiramente auspicioso, falando sobre os medos que alguns de vocês possam ter. Primeiro lhes diremos que a Ascensão está a caminho e de fato ocorrerá. Em muitos aspectos, a Ascensão já ocorreu. Entretanto o que resta é vital para a conclusão da Grade Cristalina e as ativações finais da Transição Cristalina.

Em relação aos medos, gentilmente lhes pedimos que olhem para o mundo ao redor de vocês. O que vêem?

A mídia está noticiando guerra, fome, desastres e colapso econômico. Ela transmite o que é visto na terceira dimensão. E geralmente é um cenário sombrio, cheio de tristeza e desgraças, não é?

Os profetas do fim do mundo estão especialmente em alta, não é? Alguns especuladores encontraram um terreno particularmente fértil nessa área, criando medo em torno de colisões de cometas, asteróides, reversão cataclísmica dos pólos e colapso econômico. Quer reconheçam ou não, esses pessimistas se alimentam do medo que eles geram.

Queridos, nós lhes dizemos de novo que a Ascensão ocorrerá, e foi a humanidade que a tornou possível. Está na hora de abandonarem a velha energia do MEDO. Os desastres cataclísmicos globais que alguns videntes previram NÃO vão acontecer.

Nós lhes dizemos que um novo sol está surgindo e certamente é o sol da mudança. Ele traz a luz da magnífica Nova Terra. E queridos, nós realmente queremos dizer magnífica!

Mestres, sempre existiram negativistas neste planeta – aqueles que predizem tristeza, tragédias e advertem sobre perigos. Eles servem a um propósito na dualidade e, com certeza, uma olhada rápida ao redor do globo pareceria justificar o ponto de vista dessas pessoas. Mas lhes dizemos que isso é energia antiga. E não é função do Espírito dizer-lhes para desistirem da esperança nem do livre arbítrio. Nossa mensagem é falar-lhes sobre sua Divindade e dizer-lhes que, de fato, o planeta e toda a humanidade vão Ascender… e que estão no caminho certo para isso. Ponto final. Falemos, então, de 2012!

O ANO QUE VEM

2012 é um ano incrivelmente importante. Em seu fluxo linear sequencial, ele contém pontos de interseção multidimensional e portais de tempo. De fato, são esses pontos que permitiram que a Ascensão ocorresse. Eles são os portais através dos quais muitos de vocês entraram – aqueles que são Navegadores Sirianos e Pleiadianos e Portadores de Códigos, enviados do futuro para estarem aqui no planeta para a Ascensão. 2012 é o toque de clarim final para o despertar de muitos portadores de códigos. E há muito a fazer em 2012. De certo modo, o trabalho de vocês começa realmente em 2012.

OS ENVIADOS DE 2012

Muitos de vocês, que estão envolvidos na Ascensão Planetária, se encontram numa fase do tempo terreno que nem sempre conseguem compreender totalmente. Às vezes é como se fossem um visitante aqui, longe de casa, e suas energias não se ajustassem exatamente na Terra de 2011 e além. De fato, muitas vezes vocês se sentiram perdidos durante a última década.

Queridos, saibam que esses sentimentos são válidos e que, realmente, há uma espécie de choque cultural, quando vocês despertam na multidimensionalidade florescente que se descortina diante de vocês à medida que entram em 2012. Vejam, muitos de vocês, nos seus termos, são realmente do futuro!

Há um número imenso de almas que escolheram vir à Terra neste momento, de dimensões além da quinta, tanto do futuro da Terra, quanto do futuro dos mundos de dimensões mais elevadas, que serão mais bem compreendidos por vocês na progressão do tempo linear… especialmente em 2012.

Vocês são, de fato, Enviados da Luz Cristalina, Embaixadores do Amor. Vocês vieram do futuro – nos seus termos, no tempo linear da Terra – para ajudar a humanidade a navegar através destes tempos tumultuosos que vêm se desenrolando nos últimos 40 anos, e dos tempos que se apresentarão nos próximos 20. Muitos de vocês só estão despertando do seu futuro em papéis do passado agora, em 2011 e 2012. E isto é proposital. Os portais de 2012 são pontos de gatilho.

Vocês começaram a surgir em massa na geração chamada “Baby-Boomer”, logo após a 2ª Guerra Mundial; e foram crescendo continuamente em número, à medida que foram chegando a chamada Geração X, as crianças Indigo e Cristal. Vocês são os Enviados da Luz Cristalina, os pioneiros da Terra alternativa… a Ascensão. Muitos de vocês entraram nos corpos atuais durante o seu 7º e 8º setênios (clclos de 7 anos), na idade de 49 e 56 anos, em termos de idade linear. Vocês entraram em corpos físicos que, na verdade, eram versões de vocês mesmos, por meio do que se pode chamar de Entrantes [“walk-ins”] do Segundo Estágio. E esta é uma versão mais altamente desenvolvida do seu eu-futuro, voltando no tempo com uma finalidade específica. Isto é semelhante, mas bem diferente de uma Integração de Alma, pois é uma função específica na qual um eu-futuro evoluído e sucinto se conecta, através do vínculo de um portal de tempo, a uma jornada no presente com o propósito específico de ajudar na Ascensão.

Vocês tiveram muitos papéis, muitas atribuições e muitos deveres. Vocês são os Guardiões da Sabedoria, os Guardiões da Terra, os Xamãs Angélicos, os Dançarinos do Fogo, os Caminhantes dos Sonhos, os Guerreiros da Luz, os Mutantes, os Anciões, os Seres das Estrelas, os Portadores da Força e os Curadores do Tempo! Vocês vieram aqui para coordenar a construção de um resultado diferente neste planeta de dualidade, a Terra! Vocês estão aqui para guiar a humanidade através dos paralelos das calamidades prováveis e das catástrofes em potencial que, de outro modo, causariam estragos, como aconteceu tantas vezes antes em tempos de águas turbulentas. Vocês estão aqui para garantir que a história NÃO se repita. E nós lhes dizemos que vocês conseguiram!

Vocês são os solucionadores de problemas, os renegados, os destruidores de paradigmas! Usamos a analogia do mar para esclarecer este conceito de Enviados da Luz. Imaginem a Ascensão como um navio. Os Enviados da Luz são navegantes experientes que sabem exatamente onde as correntes são perigosas, onde as marés batem nas rochas… e sabem como evitá-las, como passar ao largo delas, como manter o lastro. Eles são os professores com experiência em muitos campos, e ao se reunirem em grandes números, trazem uma sabedoria coletiva sem paralelo na Terra em qualquer época da história deste planeta.

Muitos de vocês vivenciaram a Ascensão de outros planetas e outros mundos, muitas vezes, e conhecem os perigos. Vocês entendem os mecanismos. E agora quase já terminaram.

Restam ainda algumas fases difíceis em 2011 e 2012 e depois o jogo mudará, sendo que vocês permanecerão para liderar as massas em 2013 a partir de 2012… o verdadeiro começo. Talvez o papel mais importante para vocês, os enviados, em 2012, seja irradiar sua luz e não sucumbir ao medo e aos estertores da Velha Energia, ajudando a todos desta forma.

Não desanimem, pois em 2012 a velha energia vai fazer de tudo para desencorajar a mudança. Ampliem suas energias e ancorem a luz. Alinhem-se com a energia Cristalina.

O QUE VAI OCORRER EM 2012

O que ocorrerá em 2012 será um novo começo. Esse novo começo é o Novo Modelo da Nova Terra. A Ascensão da Terra possibilitará a revisão e expansão dimensional do planeta. A Terra está se transferindo para um Campo Cristalino, expandido da 4ª até a 12ª dimensão.

A matriz Cristalina é gerada a partir dos principais eventos e ocorrências abaixo:

· A codificação do Disco Solar-Cristalino e do Vórtice Cristalino em 11-11-11.

O crânio de cristal MAX (o 13º paradigma, a Biblioteca Cristalina extraterrestre original) é chamado para Arkansas para codificar as frequências da Transição Cristalina. Isto ocorre em 11-11-11 e 12-12-12.

MAX é a fonte dos códigos.

· A Grade Cristalina, que se completa em 12-12-12.

· A Unificação Global dos Campos Vorticiais Cristalinos, dos quais os dois principais estão localizados em Arkansas e Brasil.

· A finalização da rede Piramidal-Octaédrica que envolve a transferência “Cósmico-Cristalina” através da rede piramidal e infra-estrutura de pontos de poder do planeta Terra com a da Grade Planetária e Grade Cósmica em conexão com Órion e Arcturos.

Esta conclusão dos ajustes finais acima citados é necessária em 2011 e 2012 para completar a anunciada Ascensão. Em muitos aspectos, a Ascensão está em andamento desde 1987, mas ainda restam a Grade, os Discos Solares, os Vórtices Cristalinos e a Rede Piramidal para serem refinados e finalizados.

Muitos de vocês são, de fato, portadores dos códigos, engenheiros cristalinos e mecânicos quânticos que estão aqui para ajudar nessa conclusão. Alguns de vocês foram enviados de “volta do futuro”. Outros são membros da Aliança Siriana-Pleiadiana que estão aqui para ajudar a elevar o nível das estruturas de poder, centros de Portais-Vórtices e Linhas Ley. Isto se aplica especialmente àqueles de vocês chamados “Guardiões da Terra”.

É por isto que se sentem compelidos a alinhar as energias nos mega centros – Vórtice Cristalino de Arkansas e locais dos Discos. Este é um trabalho que vocês são levados intuitivamente a completar, e que conhecem muito bem. Muitos de vocês possuem contrapartes entre as naves pleiadianas e sirianas designadas para ajudar nesta conclusão.

DATAS DE PODER E FASES DE ATIVAÇÃO DE 2012

Há certas frequências chaves que ocorrerão em datas específicas de 2012. Os equinócios, solstícios e eclipses são extremamente poderosos, cada um apresentando codificações finais para a Ascensão. Aquilo que tem sido chamado de 12ª Onda da Ascensão começa no fim de janeiro e continua até 12-12-12;

AS DATAS CHAVES DE 2012 SÃO AS SEGUINTES:

25 de janeiro – O início da 12ª Onda da Ascensão

3 de fevereiro – Netuno em Peixes – A Grande Visão Interior é aumentada na 12ª Onda.

8 de fevereiro – Quíron em Peixes – Uma grande oportunidade para liberação individual e cura global.

10 de março – Equinócio – A 4ª e última onda do Impulso Cósmico, descarregando e inicializando os Códigos Cristalinos.

20 de março – Eclipse Solar – Macro-integração da humanidade – Equilíbrio do Masculino Divino.

4 de junho – Eclipse Lunar – Micro-integração da humanidade – Equilíbrio do Feminino Divino

6 de junho – Trânsito de Vênus – Integração com a Aliança Siriana e Pleiadiana, o retorno total da energia do Golfinho Dourado, e integração inicial entre o Feminino Divino e o Masculino Divino.

20 de junho – Solstício de Verão [de Inverno, no Hemisfério Sul] – Extremamente poderoso, completando um quarteto de datas com o Eclipse Solar de 20 de maio, o Eclipse Lunar de 4 de junho e o Trânsito de Vênus em 6 de junho. Esta será uma energia extremamente intensa que incorporará um influxo final de códigos energéticos e possibilitará a liberação de obstruções.

22 de setembro – Equinócio de Outono [de Primavera, no Hemisfério Sul] – Formação inicial da rede de todos os 12 Discos Solares Primários em formato Cristalino.

13 de novembro – Eclipse Total do Sol – Ativação dos 144 Discos Solares Satélites para os 12 Discos Primários. Integração final da Grade do Masculino Divino em equilíbrio.

28 de novembro – Eclipse Lunar – Penumbral – Conclusão final da Grade e integração do Feminino Divino.

12 de dezembro – Portal de Data Tripla 12-12-12. A culminação e conclusão final da Grade Cristalina. Ativação final dos Cristais-Templos Atlantes no novo código, e unificação com as estruturas Piramidais e Discos Solares. Combinação do equilíbrio das energias masculina e feminina em Unidade Divina. Codificação final de Max no Vórtice Cristalino.

21 de dezembro – Solstício de Inverno [de Verão, no Hemisfério Sul] – Reinicialização [“reboot”] da Grade da Ascensão e do trabalho em rede do Campo Quântico Cristalino. Expansão para maior acesso às 12 dimensões. Formação de “O Dedo de Deus” por Saturno, Júpiter e Plutão.

A REINICIALIZAÇÃO [“REBOOT”] DE 12-12-12

Em 12-12-12, todos os sistemas estarão totalmente codificados. Haverá a ativação do Cristal de Fogo de Bimini correlacionado com o Vórtice Cristalino e o Disco Solar Cristalino de Arkansas. Em seguida ocorrerá uma breve reinicialização [rebooting] e tudo será reativado com total funcionalidade de todos os Sistemas do Campo Cristalino, em 21-12-12 (21 de dezembro de 2012).

A ECONOMIA

Muitos vêem a montanha-russa da Economia continuando a se agitar e despencar, em clima de grande medo e preocupação. Alguns prevêem um colapso total. Queridos, embora o sistema econômico deva e vá realmente mudar, um colapso total que levasse ao caos global não serviria à Nova Terra. Não haverá uma falência total; não será permitido que isto ocorra. A mudança para o novo sistema acontecerá, mas levará muitas décadas. Será um processo gradual.

AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2012

Antes de terminarmos esta conversa, vamos falar resumidamente sobre as eleições que ocorrerão em novembro de 2012 nos Estados Unidos. Não vamos predizer um vencedor, mas lhes diremos que será um momento extremamente importante. Diremos que o Presidente Obama é uma alma de grande luz e oferece o melhor caminho para os Estados Unidos. As eleições serão difíceis para ele, mas a melhor probabilidade está na sua reeleição. Isto, porém, não é uma certeza, porque muitos fatores estão em jogo. O futuro é um alvo em constante movimento e, neste cenário, não é nosso papel prever o resultado, pois este permanece uma opção e ainda não está determinado. Diremos que Obama é um homem que está mais preocupado com os interesses de todos os cidadãos. Entretanto, os Estados Unidos ainda estão muito longe de terem uma representação verdadeira em seu Governo.

ENCERRANDO

Nós lhes dizemos que 2012 é um tempo anunciado. É a conclusão linear da Ascensão Planetária. A Ascensão Planetária proporciona uma Nova Terra em um Modelo expandido e a Grade Cristalina-144 totalmente funcional. Estas são as energias que possibilitarão a conversão harmônica da humanidade em massa para atingir a Ascensão. Mas lhes dizemos que as mudanças serão graduais na humanidade, em termos de movimento linear.

A maior parte dos seres humanos olhará ao seu redor no dia 22 de dezembro e dirá, “Não aconteceu nada! O que houve de tão especial?” Mas aqueles que são iluminados saberão que algo magnífico ocorreu – o verdadeiro alvorecer da Ascensão!

Eu sou Metatron e compartilho estas Verdades com vocês. Vocês são Amados.

E assim é… e é assim.



Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br



Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.



Fonte: www.earth-keeper.com

http://www.luzdegaia.net/metatron/tyberonn/2012_um_olhar.html


Web site desta imagem
recave.com
Autor da imagem: Feimo